‘Acrimônia’ e o mal da versão única

>>‘Acrimônia’ e o mal da versão única

‘Acrimônia’ e o mal da versão única

Por | 2018-08-09T20:01:28+00:00 9 de agosto de 2018|Crítica Cinematográfica|0 Comentários

Acrimônia: Ela Quer Vingança (Acrimony) (thriller); Elenco: Taraji P. Henson, Lyriq Bent; Direção: Tyler Perry; USA, 2018. 120 Min.

Ancorado na filologia da palavra acrimônia que se traduz por comportamento indelicado, aspereza e nuances de ódio, o longa de Tyler Perry é uma viagem por uma história de versão única. “Acrimônia – Ela quer Vingança” tem um roteiro fraco, mais do mesmo,  mas uma atuação e tanto de Taraji P. Henson de “Estrelas além do tempo“. A História conduz o espectador na versão de Melinda e depois descortina outras possibilidades. E este é o seu grande mote, mostrar que toda narrativa é uma versão.

Melinda (Ajiona Alexus/Taraji P. Henson) é uma pessoa que convive com a raiva contida e tem impulsos impensados e violentos. Na adolescência (Ajiona Alexus) conhece Robert (Antonio Madson) de classe social menos favorecida e iniciam um romance. Se casam e Robert (Lyriq Bent) vive à sua sombra se tornando um peso e desgastando a relação. Até que um dia as coisas mudam. Tyler Perry apresenta o ponto de vista de Melinda sobre a sua relação com Robert. Conduz o espectador nessa narrativa e depois a desconstrói com uma virada procedente e crível. Através de “Acrimônia: Ela Quer Vingança” nos traz uma visão didática de parcialidade, de possibilidades que não se cogita quando não se consegue ver de outro lugar, senão o próprio. A história é comum, o argumento é fraco, para o que se propõe: questionar subjetividades; mas, a atuação de Taraji P. Henson salva o longa com pitadas de suspense.

“Acrimôny” (no original) é uma produção sem medalhões em suas categorias e aposta todas as suas fichas em Taraji P. Henson e consegue uma boa performance. Para quem curte discutir relação e um pouco de suspense é uma boa pedida. Mas, é mais do mesmo.

Sobre o Autor:

Amante da sétima arte e escritora por hobby

Deixar Um Comentário