‘família Addams’ – mais do que respeito às diferenças

>>‘família Addams’ – mais do que respeito às diferenças

‘família Addams’ – mais do que respeito às diferenças

Por | 2019-10-30T12:04:23+00:00 30 de outubro de 2019|Crítica Cinematográfica|0 Comentários

A Família Addams (The Addams Family) (Animação/Comédia/Família); Elenco: Oscar Isaac, Cherlize Theronm Chlöe Grace Moretz; Direção: Greg Tiernan, Conrad Vernon; Reino Unido/Canadá/USA, 2019. 86 Min.

Criada pelo cartunista Charles Addams em 1937 como cartoon no jornal The New York Times “A Família Addams” é uma compilação de personagens do mundo de Frankstein. Em 1964 a 1966 virou série de TV e dela derivou outra série bem conhecida, “Os Monstros”. Em 1973 virou desenho animado pela Hanna-Barbera e foi revitalizado em nova versão em 1992. No cinema teve seu ápice como filme em 1991 e 1993 com Raúl Júlia no papel de Gomez e em 1998 com Tim Curry. Agora, a obra retorna ao cinema no melhor estilo desenho animado bem ao jeito de “Hotel Transilvânia”.

Dirigido por Conrad Vernon de “Shrek 2” e Greg Tiernan de “Thomas & Trudes, “A Família Addams”, versão 2019 faz mais do que versar sobre respeito às diferenças. A animação aborda a recontextualização das tradições, os preços a serem pagos por um indivíduo para ser aceito por um coletivo, a dor de não se poder ser quem é com liberdade, e a ditadura da padronização. Além de abordar o processo de criação de verdades e de bullying adulto.

“The Addams Family” (no original) traz também uma trilha sonora de arrepiar, que vai de Snoop Dog a Cristina Aguillera. Além, é claro, do clássico tema da Família Addams. As vozes originais contam com Oscar Isaac de “X-Men: Apocalipse” (2016) e Charlize Theron de “Mad Max: Estrada da Fúria” (2015). No Brasil as exibições contarão com as versões dubladas e legendadas. Afinal, quem viveu à época das séries em P&B também merece uma viagem no tempo, não é não?. A classificação é livre e o divertimento é garantido.

Para os adultos de plantão, assistam ao trailer original:

Sobre o Autor:

Editora do site Cinema & Movimento e crítica cinematográfica

Deixar Um Comentário